Desemprego na terceira idade – vontade de trabalhar

Compartilhar com

Autor de leis de grande importância para o cidadão de seu Estado , o Rio de Janeiro, o deputado Sergio Cabral tem-se destacado nos assuntos que abrangem, desde o direito do consumidor ate temas referentes a terceira idade e ao servidor publico, principalmente contra os abusos dos altos e abusivos salários dos marajás da Assembleia Legislativa. No seu livro Passaporte da Cidadania, e!e resume as atuações de parlamentar, que ao longo dos seus mandatos tem-se empenhado em cumprir o papel de legislador responsável, comprometido com as iniciativas que beneficiem o Estado e o cidadão. E um instrumento para que todos façam valer os seus direitos.

Defensor intransigente dos idosos, uma das suas mais importantes vitorias foi o fim da exigência do Vale Idoso, que obrigava os maiores de 65 anos a enfrentar filas desumanas para tirar um documento que lhes garantia livre acesso nos ônibus. Hoje, basta apresentar a carteira de identidade para transitar gratuitamente.

A atuação do deputado Sergio Cabral, na presidência da Assembleia Legislativa do Estado, tem revelado no exercício da sua atividade parlamentar e inclusive na administração da Casa ser um valoroso combatente das causas populares, o que tem lhe valido em retribuição, consagradoras e expressivas eleições.

No artigo intitulado Desemprego na Terceira Idade – vontade de trabalhar ,o deputado Sergio Cabral, fala sobre o desemprego e o preconceito dos empregadores que consideram as pessoas com mais de 50 anos descartados do mercado de trabalho.

O desemprego e um dos mais sérios problemas enfrentados pelo Brasil. No caso dos idosos, ele e ainda pior. Infelizmente existe uma mentalidade por parte dos empregadores que considera as pessoas com mais de 50 anos já descartadas do mercado de trabalho, o que e um exemplo de preconceito contra a terceira idade. Ha casos de pessoas que mesmo com currículos respeitáveis encontram serias dificuldades para arrumar emprego por causa da idade. Com toda a razão, essas pessoas se consideram vitimas de preconceito, afinal de contas altos executivos, presidentes, governadores, prefeitos, senadores e deputados podem ter idade avançada. Por que só trabalhador da terceira idade não pode? No momento em que o censo constata o envelhecimento da população brasileira, é hora de mudar esse conceito. Trabalhadores de mais idade são por excelência profissionais mais experientes e amadurecidos. Podem ser de grande utilidade para as empresas. Na maioria dos casos, os profissionais de terceira idade demonstram maior responsabilidade e eficiência. Não ha por que então sustentar tanto preconceito. Cabe aos empregadores, e ao próprio governo, criar mecanismos de incentivo a contratação de trabalhadores mais velhos. A diminuição de encargos sociais poderia facilitar a admissão dessas pessoas. Com isso, seria aberta uma importantíssima porta para que tais cidadãos pudessem mostrar toda a sua determinação e produtividade. Alem, é claro, de ser um passe fundamental para o avanço social do pais.

Cor da Pele (skin)
Opções de layout
Layout patterns
Imagens de layout em caixa
header topbar
header color
header position
X