Gervásio Baptista, o fotojornalista

Compartilhar com

É o fotógrafo mais longevo da imprensa brasileira, em atividade profissional há mais de 70 anos, tendo passado pelas lentes de suas máquinas as personalidades mais importantes da política, da administração pública e privada, da sociedade, do esporte, da indústria, comércio e agricultura. Enfim, as figuras de mais destaque em todas as atividades.

Há nove anos Gervásio é um dos fotógrafos oficiais do STF e ainda com atividades na Agência Brasil. Começou sua vida profissional aos 12 anos no jornal “O Estado da Bahia”. De lá, foi para os “Diários Associados”, trabalhando principalmente na revista “O Cruzeiro”. Com a criação da revista “Manchete”, da editora Bloch, participou desde a primeira edição até a derradeira. Em seguida foi trabalhar no Palácio do Planalto e foi amigo dos presidentes Juscelino Kubitschek, João Goulart, Tancredo Neves e José Sarney, de quem é amigo até hoje.

Fotografou a história política da República desde Getúlio Vargas ao atual presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Também cobriu a Guerra do Vietnã e a Revolução Cubana. Várias fotos ficaram bastante conhecidas e foram publicadas muitas vezes, como a do presidente Juscelino Kubitschek acenando com a cartola em frente ao Congresso Nacional no dia da inauguração de Brasília. Gervásio afirma que “essa é uma das fotos que eu considero mais interessantes na minha carreira”. Flagrou imagens de John Kennedy, Richard Nixon, Juan Domingo Perón, Charles de Gaulle, Che Guevara, Fidel Castro e tantos outros líderes políticos. Cobriu sete Copas do Mundo.

Gervásio diz que o maior prêmio que ganhou na profissão foi o convite feito pela presidente do STF, ministra Ellen Gracie, e pelo ministro Cezar Peluso de expor suas fotografias. “O maior prêmio que eu podia receber de fotografia foi a ministra Ellen apoiar a sugestão que deram, e eu fico feliz com isso, porque se trata de presidente do Supremo Tribunal Federal do País.”

Na exposição “50 anos de Fotografia”, inaugurada no dia 12 de março no Supremo Tribunal Federal pela presidente da instituição e com a presença da quase totalidade dos ministros da Corte, foram afixadas 45 obras do profissional que tem a credencial de imprensa número 001 do Palácio do Planalto e é um dos mais respeitados fotógrafos brasileiros.

Além das fotos, foi afixado um texto de autoria do atual senador José Sarney em homenagem à exposição: “Moço com seus 84 anos, armado sempre de máquina e de seu sorriso, trabalhando agora entre os ministros e os grandes advogados, Gervásio é um ícone e exemplo na história da imprensa brasileira.”

O ministro Carlos Ayres Britto, presente na exposição, fez questão de manifestar: “Não estamos homenageando Gervásio, ele é que está nos homenageando. Eu, particularmente, quero muito bem a ele. Tenho uma enorme admiração por Gervásio, esse artista da câmera.”

A presidente, ministra Ellen Gracie, ao dar por inaugu-rada a exposição, teceu largos elogios ao fotógrafo, que ela pessoalmente disse ser sua admiradora e amiga, cumprimen-tando-o com efusão e carinho.

O editor da revista, também presente, aproveitou para cumprimentar e homenagear seu velho amigo e companheiro de tanto tempo de profissão.

Cor da Pele (skin)
Opções de layout
Layout patterns
Imagens de layout em caixa
header topbar
header color
header position
X