Entrar

Esqueci minha senha

Cadastro


Harvard Law School Association Governador Sérgio Cabral e Cônsul-Geral dos EUA Dennis Hearne participam da solenidade de posse da nova Diretoria no Brasil

Compartilhar com

No último dia 2 de dezembro, foi empossada a nova Diretoria da Harvard Law School Association of Brazil – HLSAB, entidade fundada há 120 anos nos EUA, que reúne, ao redor do mundo, cerca de 35.000 ex-alunos e professores da renomada instituição. Realizada no Salão Nobre da Bolsa de Valores do Rio de Janeiro, a solenidade contou com a presença do Governador Sérgio Cabral e do Cônsul-Geral dos EUA Dennis Hearne, além de inúmeras autoridades, magistrados, juristas e empresários.
O advogado Max Fontes foi reeleito Presidente da HLSAB e como Vice-Presidentes assumiram os advogados Luiz Müssnich, Marcus Fontes e Luciana Tornovsky.
Em seu discurso, o Presidente Max Fontes destacou que 2009 foi um ano muito especial não somente para Harvard, como também para o Rio de Janeiro e para o  Brasil. “Os motivos para essa celebração são muitos. No campo acadêmico, nossa Associação realizou um feito inédito. Graças a parceria firmada com o Tribunal de Justiça do RJ e com a EMERJ e ao apoio financeiro, logístico e institucional da FGV Direito Rio, trouxemos pela 1ª vez ao país um ministro da Suprema Corte dos EUA. O Justice Antonin Scalia veio ao Rio para participar do Seminário Internacional Direito e Desenvolvimento em que discutimos sobre o papel da Justiça no enfrentamento da crise financeira. Uma iniciativa que se insere num projeto institucional mais amplo que temos de ampliar a integração dos Judiciários dos 2 países”, ressaltou Max Fontes.
Projetos sociais desenvolvidos por membros da HLSAB foram também mencionados como motivos para comemoração, dentre eles o Projeto de Capacitação Ambiental, que recebeu R$300.000,00, da Secretaria de Direito Econômico do Ministério da Justiça, para ajudar 1.000 jovens da Favela da Rocinha e da Cidade de Deus. O projeto foi concebido em benefício do Instituto Reação, ONG criada pelo medalhista olímpico Flávio Canto, que visa afastar jovens carentes de situação de vulnerabilidade social através do esporte e do reforço escolar.
Max destacou ainda a criação de um Prêmio anual para homenagear pessoas e instituições que prestem serviços relevantes em prol do Direito, da Liberdade e da Justiça. “Conforme entendimentos havidos com o seu neto, Kadu, esse prêmio será idealizado e desenhado por um dos maiores gênios da arquitetura mundial, Dr. Oscar Niemeyer, e terá como símbolo inicial ‘um homem se destacando no mundo, um verdadeiro expoente, um líder de idéias e de ações’”, registrou Max.
O Presidente da HLSAB ressaltou igualmente a importância de celebrar 2009 em virtude do crescente papel dos juízes na vida republicana brasileira e da importância da vitória do Rio de Janeiro para sediar os Jogos Olímpicos de 2016.
“Há exatos dois meses, o Rio de Janeiro foi escolhido como sede das Olimpíadas de 2016 e, desde então, fomos tomados por uma vibração contagiante, um entusiasmo coletivo e pungente, que está fazendo ressurgir, silenciosamente, um novo Brasil: mais seguro de si e de seu povo, de sua cultura e de suas tradições.
Esse é um sentimento fundamental para qualquer projeto de sociedade e de Nação. Isso porque essa vibração nos faz sentir que aquele ‘país do futuro’ imaginado no passado, poderá, enfim, se tornar mais próximo do presente. Um presente que temos que construir nos próximos seis anos. Um desafio imenso que exigirá não somente um maciço investimento em infraestrutura, mas, sobretudo, uma eficaz interlocução dos 3 Poderes da República: seja no planejamento e na execução das obras pelo Executivo, seja na elaboração do marco regulatório dos Jogos pelo Legislativo, seja na interpretação, por parte do Poder Judiciário, das regras que criarão direitos e deveres para todos os agentes participantes.
Apesar dessa vitória só ter sido possível graças a sintonia dos 3 níveis de governo, podemos dizer que, para o povo fluminense, essa conquista teve início com uma postura simples do Governador no início de seu mandato. Um gesto singelo feito em 2006, mas que introduziu uma verdadeira ruptura no antigo modelo de gestão de nosso Estado: a busca de uma sintonia, de uma harmonia e de uma convergência com o Município do RJ e com o Governo Federal. Tudo para que o Rio de Janeiro pudesse resgatar seu papel de vanguarda, e assim como os americanos fizeram esse ano ao eleger Obama, pudesse celebrar esse momento histórico de hoje: de um reencontro de uma cidade com o seu povo e com seu destino”.
Em seu discurso, o Governador Sérgio Cabral ressaltou o excelente momento em que o Brasil se encontra e, em particular, o Estado do RJ, com o início dos preparativos para as Olimpíadas de 2016. “O Rio de Janeiro vive seu melhor momento das ultimas décadas graças a retomada da relação perdida com o governo federal e com o Município do RJ.” Após o seu discurso, o Governador recebeu uma homenagem especial dos membros da Diretoria de Harvard em reconhecimento por seu empenho pessoal para a escolha do RJ como sede dos Jogos Olímpicos. A mesma homenagem foi concedida ao Cônsul-Geral dos EUA Dennis Hearne, pela apoio do Consulado Americano às atividades da HLSAB.
Em seu discurso de agradecimento o Cônsul-Geral enfatizou que “o governo federal, estadual e municipal estão trabalhando juntos para aproveitar ao máximo os investimentos para o Rio de Janeiro. A vitória do Rio de Janeiro em 2 de outubro vai permitir o desenvolvimento na área de segurança, a revitalização da zona portuária e a prospecção dos recursos disponíveis no pré-sal.”