Ministra Eliana Calmon mostra que também conhece muito bem os recursos especiais da culinária

Compartilhar com

Capa-Livro-ReceitasEliana Calmon acaba de lançar “REsp – Receitas Especiais”, décima edição de seu livro gastronômico, com pratos testados pela própria magistrada e aprovados pelos leitores

Na linguagem jurídica, a sigla REsp significa Recurso Especial, o meio processual para contestar, perante o Superior Tribunal de Justiça (STJ), uma decisão judicial proferida por tribunais estaduais ou federais. No mundo da culinária e da gastronomia, REsp pode ser traduzido como Receitas Especiais. O curioso trocadilho dá nome ao livro de ninguém menos que a ministra Eliana Calmon, do STJ, que acaba de lançar a décima edição da obra que é um grande sucesso de público e crítica.

Atualizada, revisada e incluindo novos pratos, a obra é uma coletânea de receitas oferecidas pelos amigos e testadas pela autora. A ideia surgiu em 1995, com o primeiro livro “Receitas da Mulher Moderna”, lançado por ocasião das comemorações do Dia Internacional da Mulher, pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região. Apesar do nome, a obra já nasceu com essa proposta: reunir receitas próprias e de vários colaboradores, testadas no dia a dia da autora. E assim, aproveitando datas especiais de eventos familiares, a ministra publicou novos livros, sempre com grande repercussão e vendas.

Em 1997, foi a vez de “Doces Segredos” e, em 2002, surgiu a primeira edição de “REsp – Receitas Especiais”. Para manter as novas versões atualizadas com sua vivência na cozinha, a ministra acrescenta receitas e dicas. É um trabalho artesanal, com a contribuição de muitas mãos para a edição e venda dos livros. Os valores arrecadados são encaminhados, desde a primeira edição, para instituições de caridade. A última entidade beneficiada foi a Creche Vovó Zoraide, instituição localizada em Uberaba (MG), que realiza trabalho voltado às crianças.

“A edição deste livro conta sempre com patrocinadores e, para esta, o benfeitor prefere não se identificar, porém, os responsáveis pela creche agradecem em nome das crianças assistidas”, declara a ministra Eliana Calmon, que já direcionou a arrecadação para outras entidades beneficentes, como o Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (MORHAN/DF) e a Sociedade Espírita Irmã Rosália.

Sobre a autora: ministra do STJ desde 1999, Eliana Calmon nasceu em Salvador (BA). Graduou-se em direito pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 1968 e na mesma instituição concluiu especialização em Processo Civil no ano de 1982. Além das atividades como magistrada e da coautoria de livros jurídicos, a ministra é conhecida por seu talento para a gastronomia.

Sobre a Editora JC: Fundada em 1999, a Editora JC tem sede no Rio de Janeiro e publica livros institucionais e periódicos segmentados, principalmente para as carreiras do Direito. Entre as obras literárias lançadas, destacam-se os livros de cunho histórico de diversos Tribunais brasileiros, como o Tribunal Regional Federal da 3ª Região – 20 anos de Justiça, por você, por nós, pelo Brasil (2009); Trajetória Histórica – Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (2010); Tribunal de Justiça do Estado da Bahia – 400 anos fazendo história (2011); TRT-17ª Região – 20 Anos de Trabalho (2012); e STJ – 25 anos do Tribunal da Cidadania (2013). Saiba mais em http://www.editorajc.com.br/2013/12/self-publishing/


Informações para a imprensa

RIO TVA – Assessoria de Imprensa

Ana Gouveia – 99981-6652

Tel. 2521-5207 – 2513-0312

riotva@gmail.com

riotva@openlink.com.br

agouvei@attglobal.net

Eliana-Calmon_Clipping

Cor da Pele (skin)
Opções de layout
Layout patterns
Imagens de layout em caixa
header topbar
header color
header position
X