Orpheu e sua catedral

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0

As homenagens que são prestadas ao 90º aniversário de Orpheu Santos Salles são extensivas ao Brasil democrático e à liberdade de expressão, sendo um resultado do outro, e vice-versa.

Idealista apaixonado, o que resulta também numa redundância, desde que criou a Revista Justiça & Cidadania, Orpheu fez o papel de missionário na imprensa especializada, conferindo especial destaque à Justiça e àqueles que nela militam diariamente.

Talvez sem o saber, ao longo dos anos Orpheu transformou a revista em seu próprio templo. Se este era o seu objetivo, só ele mesmo dirá. Reza uma lenda no jornalismo que Iphigene Ochs Salzberger, a lendária dama do The New York Times, gostava de comparar seu jornal a uma catedral erguida por idealistas de fé. Dizia ela que um viajante encontrou três cortadores de pedras ao longo do caminho. Perguntou ao primeiro o que estava fazendo, e este respondeu: “Cortando pedra”. Já o segundo disse: “Estou fazendo uma pedra angular”. Mas o terceiro arrematou: “Estou construindo uma catedral”.

Orpheu reuniu os ideais humanistas presentes na sua trajetória de homem público, escritor, intelectual e jornalista para erguer a sua catedral. Diante de seu exemplo, só nos resta, humildemente, saber selecionar as pedras que encontramos.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0
Cor da Pele (skin)
Opções de layout
Layout patterns
Imagens de layout em caixa
header topbar
header color
header position
X