Entrar

Esqueci minha senha

Cadastro


4
fev2015

Tarde de gala no Rio: Theatro Municipal recebe nova diretoria do TRT

Compartilhar com

TRT - 1
Foi realizada às 17 horas da última sexta-feira (30/01), no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, a posse da nova Administração do TRT/RJ para o biênio 2005/2007. A solenidade teve apoio do Instituto Justiça & Cidadania e da Caixa Econômica Federal.

Após a execução do Hino Nacional, feita por músicos da Orquestra Sinfônica da Petrobras, o presidente do biênio anterior, desembargador Carlos Alberto Araujo Drummond, cumprimentou os presentes, além do governador Luiz Fernando Pezão (o teatro foi cedido pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro). Ao declarar empossada a nova presidente, Maria das Graças Paranhos, o desembargador agradeceu a magistrados e servidores pelo apoio recebido durante a sua gestão e expôs sua convicção no sucesso da nova liderança.

Após nova intervenção dos músicos da Orquestra Sinfônica (que além do Hino Nacional apresentaram temas clássicos, tais como “A Primavera”, de Vivaldi), o desembargador Gustavo Tadeu Alkmin saudou os empossados. “Essa é uma história que precisa ser respeitada”, disse Alkmim.

 

SONY DSC

Os integrantes da nova administração do tribunal logo foram chamados a prestar o compromisso regimental de posse. Subiram ao púlpito, respectivamente, a desembargadora Maria das Graças Cabral Viegas Paranhos (nova presidente do TRT/RJ), seguida pela desembargadora Ana Maria Soares de Moraes (nova vice-presidente do TRT/RJ), além da desembargadora Edith Maria Corrêa Tourinho (nova corregedora do TRT/RJ) e do desembargador José Nascimento Araújo Netto (novo vice-corregedor do TRT/RJ).

Ao prestar o compromisso regimental, Maria das Graças Paranhos recebeu o Colar da Ordem do Mérito Judiciário do TRT/RJ das mãos do desembargador Carlos Alberto Araujo Drummond, que a convidou a assumir a presidência.

Foram empossados ainda o desembargador Jorge Fernando Gonçalves da Fonte (novo presidente da Seção Especializada em Dissídios Individuais), a desembargadora Rosana Salim Vilela Travesedo (nova ouvidora), o desembargador Evandro Pereira Valadão Lopes (diretor da Escola Judicial) e o desembargador Marcelo Antero de Carvalho (novo diretor do Centro Cultural do TRT/RJ).

Em seu discurso, Maria das Graças Paranhos expos um dos desafios que abrange todo o Judiciário. “Há uma crise de litigiosidade no Brasil. Existem 95 milhões de processos tramitando no país e três milhões na Justiça do Trabalho”, observou a desembargadora.

No enfrentamento deste problema, uma das linhas de atuação da nova gestão será a política de prevenção de demanda, estreitando o relacionamento com a sociedade. Para tanto, a desembargadora Maria das Graças pretende agregar sua experiência como gestora regional do “Programa Trabalho Seguro” na promoção de ações em prol da redução de acidentes de trabalho. Em outra frente, reconhece que é preciso olhar para “dentro de casa”, voltando-se para a saúde de magistrados e servidores e para a valorização desses profissionais.

Gustavo Tadeu Alkmin não poupou elogios à nova presidente do TRT/RJ: “Ela é uma pessoa séria, que sabe o que quer. Uma mulher forte e de coragem”.

Os feitos da Administração que se despede e valores que permearam o período foram destacados por componentes da mesa diretora da cerimônia. “Poucas vezes vi uma gestão tão democrática, que é, sem dúvida, um exemplo para outros tribunais”, observou o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Rio de Janeiro (OAB/RJ), Felipe Santa Cruz.

O evento foi prestigiado por ministros – entre eles os representantes do Tribunal Superior do Trabalho (TST) oriundos da Primeira Região, Aloysio Corrêa da Veiga e Alexandre Agra Belmonte -, desembargadores, juízes, advogados, servidores, membros dos Poderes Executivo e Legislativo, além de amigos e familiares dos integrantes da Administração que assumiu o Regional nesta segunda-feira (2/2).

Com informações do site do TRT/RJ – 1a Região

 

Realização              Apoio
Marcas-posse-TRT-1