jun.2019

Edição 143

As contribuições do CNJ para o Judiciário Brasileiro

Criado pela Emenda Constitucional nº 45, em 2004, e instalado no ano seguinte, o Conselho Nacional de Justiça vem cumprindo sua missão institucional de supervisionar a atuação administrativa e financeira do Poder Judiciário brasileiro, promovendo a melhoria do controle, da racionalização e da transparência gerencial e processual. Nesta edição, o ministro Gilmar Ferreira Mendes, do Supremo Tribunal Federal, faz um raio-X do CNJ, mostrando sua contribuição ao País e o fundamental papel que vem desempenhando como órgão de coordenação e planejamento administrativo da Justiça brasileira.

Compartilhe esta edição:

Assine nossa newsletter e receba a nossa revista digital, em primeira mão, no seu e-mail

Voltar ao topo