“Negro entoou, um canto de revolta pelos ares”

Em cada quilombo a luta contra o racismo continua na busca da autodeterminação Nosso passado escravocrata, racista, fundiário, pautado em uma cultura “universalista”, perdura na sociedade brasileira ainda nos dias de hoje, em um agir e pensar baseados em práticas de segregação. No campo das políticas públicas, a “ideologia escravocrata” persiste na construção de ações … Continue lendo “Negro entoou, um canto de revolta pelos ares”