Edição

Vá de ônibus!

1 de agosto de 2013

Compartilhe:

va de onibusBaseado em tecnologia de georreferenciamento, o novo aplicativo desenvolvido pela Fetranspor permite criar rotas de deslocamento por toda a cidade do Rio de Janeiro, indicando quais são as melhores opções de linhas de ônibus e caminhos a serem percorridos.

E ntre junho e julho deste ano, a capital fluminense recebeu dois grandes eventos: a Copa das Confederações e a Jornada Mundial da Juventude (de 23 a 28 de julho). No ano que vem, teremos a Copa do Mundo FIFA e, em 2016, as Olimpíadas. Pensando em facilitar a vida dos cariocas e visitantes de outras cidades,  estados e países que estarão circulando pela cidade durante todos esses eventos, a Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (Fetranspor) aprimorou o site Vá de ônibus.

O sistema de informações baseado em tecnologia de georreferenciamento identifica as melhores opções de deslocamento entre um lugar e outro, utilizando o ônibus como meio de transporte. O Vá de Ônibus, acessível pelo site www.vadeonibus.com.br, oferece várias opções de busca, a partir da informação “Onde você está” (origem) e “Aonde você quer ir” (destino). Assim, para traçar sua rota, basta informar os endereços de origem e destino, ou ainda os chamados “Locais especiais” (aeroportos, restaurantes, pontos turísticos, entre outros), obtendo-se uma rota sob medida, indicando os números das linhas de ônibus que o usuário deverá utilizar e os locais onde o passageiro deve realizar seu embarque e desembarque.

De acordo com a Diretora de Mobilidade Urbana,  Richele Cabral, a Fetranspor possui uma parceria de longa data com o Google para fornecer as informações de transporte público que são disponibilizadas aos usuários por meio do Google Transit. “Por se tratar de uma ferramenta amplamente difundida, essa parceria é de vital importância para a Fetranspor, no que tange permitir que o máximo possível de pessoas tenham acesso à informação de como planejar suas viagens. Por outro lado, o caráter global deste sistema acaba deixando de fora algumas peculiaridades da realidade carioca e fluminense. Por isso, optamos em manter no ar o serviço Vá de Ônibus, que nos permite uma maior flexibilidade de personalização dos resultados”, explica ela.

A diretora enumera alguns dos diferenciais entre as duas ferramentas: • as opções de integração através de Bilhete Único também são apresentadas no resultado; • existe a possibilidade de busca pelo itinerário em texto de uma linha; • há, também, maior variedade de opções de busca, tais como “menor custo” e “menor distância percorrida”;
• é possível, ainda, noticiar alterações especiais de itine­rário, em função da realização de eventos; e, • por fim, existe um melhor tratamento de resultados que envolvam BRTs, que não são um modo de transporte previsto na ferramenta da Google (Bogotá, por exemplo, cadastrou o seu BRT no Google como se fosse um metrô).

Richele avisa que, no momento, a Fetranspor está trabalhando para agregar novos recursos de interação ao site. “Para um prazo imediato, estamos finalizando o novo layout do site, que será mais moderno e terá um formato mais adequado para a utilização em tablets. Além disso, ao longo dos últimos meses realizamos uma extensa revisão dos dados disponibilizados no site, aumentando a sua confiabilidade”. De fato, a fim de garantir toda a facilidade ofertada pelos dispositivos móveis, como smartphones e tablets, está em curso na Fetranspor um extenso projeto na área de informação móvel ao usuário de transporte público. Além do próprio site Vá de Ônibus, foi iniciado um processo de parcerias com desenvolvedores, para aumentar a área de atuação no mercado mobile.

“Os aplicativos BRS Rio e Buus, campeões do concurso Rio Apps 2012, já fazem uso de dados fornecidos pela Fetranspor – que são distribuídos sem custos para os interessados. Atualmente, parceria similar está sendo acordada com a israelense Moovit e com a Nokia, ampliando ainda mais a disseminação da informação em plataformas móveis”, declara Richele.

Projetos futuros

Atualmente as empresas de ônibus estão trabalhando na uniformização das informações de “tempo real”, que são aquelas que permitem ao cliente saber quanto tempo falta para o ônibus chegar, se ele está preso no congestionamento etc. Assim que este trabalho estiver concluído, as informações serão oferecidas através do site Vá de Ônibus e disponibilizada aos desenvolvedores parceiros.

Outros projetos estão em estudo pela Fetranspor no sentido de disponibilizar ferramentas e aplicativos, colocando-os em operação quando estivermos mais próximos da realização da Copa do Mundo FIFA. “Nossos planos são o de fortalecer cada vez mais as relações de parceria com os desenvolvedores, disponibilizando o algoritmo de planejamento de viagem do site Vá de Ônibus para contarmos com parceiros que queiram incluí-lo em suas aplicações. Ao mesmo tempo, temos como objetivo otimizar o site Vá de Ônibus também para os celulares mais simples, atingindo o maior número de pessoas possível”, diz Richele.

Além das ferramentas e aplicativos, a entidade vem atuando em outras frentes para gerenciar o transporte público. De acordo com a Diretora, o projeto de informação ao usuário da Fetranspor não se resume às mídias online – um grande esforço também está sendo feito para melhorar a qualidade da informação física nas ruas, através da implantação dos corredores BRS. “A falta de informação sempre é o maior obstáculo na realização de eventos deste porte, já que teremos um grande número de turistas na cidade que devem ser informados sobre qual a melhor opção de deslocamento”. Ela garante que, com a entrada em operação de novos BRTs, uma grande racionalização será realizada no sistema, com a implantação de um sistema tronco-alimentado, alterando a forma como as pessoas realizam deslocamentos na cidade. “É de vital importância que esta nova configuração da rede de transportes seja informada aos passageiros, garantindo cada vez mais uma experiência plena de mobilidade com qualidade”, conclui Richele.

Vai Rio

Os cariocas contam com outro sistema exclusivo para facilitar a movimentação pela cidade, o aplicativo VaiRio, desenvolvido pelo jornal O Globo e disponível gratuitamente para iOS e Android.

A ferramenta informa em tempo real como está a fluidez do trânsito, permite que os usuários vejam, ao ativarem o GPS de seus aparelhos, os problemas que acontecem ao seu redor num raio de cinco quilômetros. O VaiRio também pode traçar rotas e, a partir delas, receber informações sobre as condições de tráfego no caminho escolhido.

Quem estiver na Praia de Botafogo, por exemplo, e precisar chegar à Avenida Rio Branco, no Centro, poderá digitar este trajeto no celular. O aplicativo fornecerá, então, as alternativas de caminhos, mostrando o tempo que será gasto nas condições de tráfego daquele momento – informações sobre o trânsito ao redor da rota selecionada e até mesmo acidentes também são visualizados.

O aplicativo permite ainda que as rotas diárias sejam salvas. O usuário pode optar por receber alertas sobre tudo o que acontece em seus trajetos mais frequentes, ou nos bairros que o interessam, escolhendo, inclusive os horários e os dias para que as notificações sejam enviadas. Os alertas com as condições das rotas surgem como mensagens na tela inicial do celular, e o usuário não precisa abrir o aplicativo para ver o que está acontecendo em seus roteiros. E mais, as pessoas também poderão reenviar para amigos, pelas redes sociais ou por e-mail, os alertas que receberem. E como o estilo de vida do carioca jamais combinará com estresse, nos dias em que o engarrafamento for muito complicado, o VaiRio vai ajudá-los a relaxar e aproveitar; no aplicativo, será possível ver as dicas de cinemas e restaurantes perto do local onde o usuário estiver parado.

Aplicativos gratuitos ajudam a fugir do trânsito

Fale TransitoFale Trânsito

Contém informações de trânsito de ruas e estradas de diversas cidades do país. Funciona por comando de voz e as instruções de rotas são, igualmente, dadas em voz alta.

Map LinkMapLink Trânsito

A função do aplicativo é oferecer aos usuários detalhes sobre a rota escolhida, como lentidão e acidentes. A interface é simples e intuitiva e cobre diversas cidades, entre elas o Rio de Janeiro.

Meus CarrosMeus Carros

Funciona a partir do conceito de atuar como um centro de informações sobre os veículos da família. Com ele, é possível verificar, em um gráfico, a eficiência do combustível e os quilômetros rodados em cada automóvel da casa.

FuelLogFuelLog

Oferece ferramentas para o gerenciamento e monitoramento do consumo de combustível. Seus módulos auxiliares gerenciam os gastos com manutenção, pedágios, estacionamentos e até seguro. Útil para os esquecidos, o aplicativo envia lembretes ao usuário quando está próximo da data das revisões periódicas.

WazeWaze

É um GPS que mistura funções de geolocalização com redes sociais. Permite criar grupos e adicionar amigos; trocar mensagens sobre rotas alternativas, pontos de interesse no mapa e até acidentes de trânsito; e criar um avatar para seu carro, que evolui conforme a distância percorrida.

Olho na EstradaOlho na Estrada

Para quem depende das rodovias para chegar ao trabalho ou à faculdade, ou viaja com frequência de carro, o aplicativo mostra, por meio de imagens, a condição do trânsito em tempo real nos estados de São Paulo e Paraná. Não há informações sobre se atenderá o Rio de Janeiro.

WabbersWabbers

Aqui, quem fornece as informações a respeito do trânsito são os próprios usuários. Trata-se de uma rede social colaborativa de motoristas, que informam as melhores opções de rota, congestionamentos e seus motivos (acidente, semáforo quebrado, obras, polícia, veículo quebrado, excesso de veículos e alagamentos), entre outros.

Transito EstadaoTrânsito Estadão

Este aplicativo oferece informações sobre o trânsito nas seguintes cidades: Barueri, Belo Horizonte, Cuiabá, Curitiba, Diadema, Goiânia, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo e Vitória. A informação é apresentada diretamente nos mapas dos locais.

Assine nossa newsletter e receba a nossa revista digital, em primeira mão, no seu e-mail

Voltar ao topo