Tocando cidadania – A história de uma orquestra de crianças carentes do recife

Compartilhar com

Diz o provérbio que querer é poder. Mas não é todo querer que se torna poder. É preciso sonhar, sabendo o que se quer realizar. É caminhar na direção de sua concretização. É vivê-lo intensamente em cada etapa. Removê-lo do coração e passá-lo para a mente que planejará cada um dos seus mínimos detalhes.  E depois partilhá-lo com pessoas que tenham o mesmo sonhar e que aceitem tirá-lo do papel.
Com a Orquestra Criança Cidadã dos Meninos do Coque a história não foi diferente. Nasceu de um sonho pessoal meu, que, mesmo não tocando qualquer instrumento, sempre vislumbrei na música uma via de crescimento interior para quem a pratica. E, acima de tudo, de oportunidade, notadamente para os desafortunados do destino. Desde o ano 2000, tenho a honra de integrar o Projeto Criança Cidadã, idealizado e posto em prática pelo Desembargador Nildo Nery, atualmente Presidente da ABCC – Associação Beneficente Criança Cidadã, artífice da solidariedade, magistrado de notável saber jurídico e imensa bondade no coração. Ele de imediato se ofereceu para albergar o projeto na Associação que preside, sendo a sua colaboração pessoal decisiva para a alavancagem e sucesso da iniciativa.
Dia-a-dia a ideia se mostrava mais vigorosa. No princípio de 2005, li acerca de um concerto de jovens carentes da Comunidade do Alto do Céu, subúrbio do Recife, sob a regência do Maestro Cussy de Almeida. Visto o referido concerto, o sonho deu um passo no caminho da concreção. Já no dia seguinte contatei o conceituado Maestro que, após ouvir os meus propósitos, mostrou-se entusiasmado com a ideia.
Procurei o Exército Brasileiro, na pessoa do Gen. Santa Rosa, que de imediato acolheu a ideia e mandou construir, com recursos próprios, a escola de música de padrão internacional onde o projeto se desenvolve, além de fornecer seu refeitório no qual os 130 alunos recebem as 3 refeições diárias. Logo após essa providência, eu, o Maestro Cussy e o Desembargador Nildo Nery saímos em busca de novos parceiros.
Dr. Armando Monteiro Neto, à frente da FIEPE – Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco, se ofereceu para a compra dos instrumentos musicais. Logo a CHESF – Companhia Hidro Elétrica do São Francisco, aderiu ao sonho e a Orquestra iniciou suas atividades. As parcerias formadas com as empresas acima mencionadas — acrescidas da Celpe, Banco BGN, Pamesa, Instituto de Co-Responsabilidade pela Educação e, por último com a Caixa Econômica Federal —, mostraram-me que só com bons parceiros se erguem grandes obras.
Foi um longo e árduo aprendizado, mas repleto de gratificações, desde a primeira apresentação com apenas 13 dias de atividades, no Porto de Suape, até as apresentações para o Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, a última na Costa do Sauípe, em dezembro, na qual, além do nosso Chefe de Estado, encontravam-se outros 32 da América Latina e do Caribe.
Tenho plena convicção de que a criação de oportunidades para os jovens carentes — não as consignadas na esmola, que tanto humilham, massacram e amesquinham o ser-humano —, mas aquelas que propiciam sua formação profissional, seja pelas artes ou pelos esportes, se constitui em via de acesso à cidadania.
Destarte, ao assim agir, sinto-me responsável socialmente e ao mesmo tempo cumpridor no plano legisferante dos sacrossantos princípios da dignidade da pessoa humana e da proteção integral da criança e do adolescente, ambos preconizados na Carta Magna de 1988.

____________________________________________________________________________________________________
Orquestra Criança Cidadã dos Meninos do Coque

O projeto “Orquestra Criança Cidadã dos Meninos do Coque” foi implantado pela Associação Beneficente Criança Cidadã, presidida pelo Desembargador Nildo Nery dos Santos, tendo como idealizador e coordenador geral o Juiz de Direito João José Rocha Targino, com o objetivo de reinserir socialmente crianças e adolescentes por meio da música, com vistas à profissionalização. O regente da orquestra é o renomado Maestro Cussy de Almeida.
A escola de música tem um corpo docente formado por 13 músicos de reconhecida competência, 2 luthiers, tendo um deles estudado na Itália, e um corpo funcional adequado às necessidades dos alunos. No total são 26 servidores remunerados.
O Exército Nacional foi um dos primeiros a reconhecer o elevado alcance desse projeto, proporcionando-lhe local e condições para instalação da escola de música.
A pretensão do Maestro Cussy de Almeida é de, no prazo de 05 anos, fazer com que o aluno alcance um alto grau de conhecimento técnico na execução do instrumento que lhe for confiado, obtendo, destarte, a profissionalização, num mercado ávido por profissionais.
Os alunos recebem gratuitamente aulas de instrumentos de corda (violino, viola, violoncelo e contrabaixo), teoria musical, flauta doce, canto coral, percussão, inglês e informática básica, atendimento médico, odontológico, psicológico e pedagógico, além de 3 refeições diárias, contando ainda com todo o fardamento e material didático.
A Orquestra Criança Cidadã completará 3 anos de existência nesse mês de agosto, proporcionando significativa mudança de vida aos seus 130 alunos e suas famílias, que residem na favela mais violenta e de menor IDH do Recife.
A Orquestra já se apresentou para autoridades civis e militares, dentre as quais destacam-se:

•    Na posse dos presidentes do Tribunal de Justiça de Pernambuco, Og Fernandes e Jones Figueiredo, Recife-PE;
•    Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, acompanhado do Ministro José Múcio e comitiva presidencial, no Palácio do Planalto, Brasília – DF;
•    Centro de Comunicação Social do Exército (CCOMSEX), Brasília – DF;
•    No gabinete do Ministro Sidnei A. Beneti, com a participação do Ministro Massami Uyeda, no STJ, Brasília – DF;
•    Apresentação no Teatro da UFPE, a pedido do Presidente da República e na sua presença, no evento destinado a comemorar o centenário de nascimento de Josué de Castro, Recife – PE;
•    Novamente a convite do Presidente Lula, na abertura do Encontro de Cúpula de Presidentes do Mercosul, América Latina e do Caribe, com o comparecimento de 33 Chefes de Governo e de Estado, na Costa do Sauípe – BA, com 85 músicos no palco.

Cor da Pele (skin)
Opções de layout
Layout patterns
Imagens de layout em caixa
header topbar
header color
header position
X